quarta-feira, março 29, 2006

VAMOS POR PARTES



no meu lento enroscar
observo ciumento
como dançam

minhas pernas nas tuas.
dizem
que estão a executar um volteio.
digo-lhes
que sei bem que arrufam

prenhes de paixão.

e é mesmo por aí que quero ir.
como portagem, justificadamente exigível,
exiges que te deposite
a totalidade do meu corpo.
é teu.
no mais singelo dos seus pedaços.

mas hoje
deposito por cá apenas as minhas narinas.
respira por lá.
deixa-te sossegar no meu ópio
enquanto inalas o meu incenso.
e quando tomas posse
nem hesitas
no teu breve olhar pelo meu pescoço.

a tua escolha já está feita
e os teus dentes de sabre morderam-me a vontade.

72 Comments:

Blogger Sea said...

hum... interessante

3:04 da tarde  
Blogger ~*Vica*~ said...

Adorei, para variar. Ótimo!

3:05 da tarde  
Blogger alice said...

“Fazes-me falta

O silêncio chegou
E espalhou miséria às portas da morte
Assustou os espíritos
E evaporou as conversas de espuma
*
Trazia na trela um cão pequeno
Que latia arrogâncias
E havia fome
No focinho da besta
*
Eu podia simplesmente
Falar da cinza e dos cornos
Ou iludir-te com a falta de luz nos ovários
Mas a espera
Requer vocábulos de natureza puta
*
Eu podia pagar-te
Para ires às mulheres da rua
Deixava a fera assentar o pêlo
E calava os hemisférios
*
Era bem mais fácil
Rogar-te pragas de marfim
Fazer de conta que a lua
Tirou umas férias amarelas
Ou inventar incertezas
No centro do equador
*
Mas ouço a febre descer à montanha
Num repique de sinos alegóricos
E espero durante a hora da missa
Perder-me no bosque para sempre”

Beijinho,

A. S.

4:20 da tarde  
Blogger Moni said...

Lindo!!!
Sem palavras...
Bjs

5:56 da tarde  
Blogger Neith said...

Hoje snto-me despida, falta-me a inspiração para deixar aqui qualquer palavra...levo apenas a emoção que senti. Beijinhos

6:02 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

Carecem as palavras de uma qualquer justificação se tiverem a forma do que os gestos, do que o corpo do que aquilo que somos sentem...

abraço

ps: vou linká-lo se não se importa

6:16 da tarde  
Blogger Dalila said...

Hum esta onda é diferente...

9:00 da tarde  
Blogger Miguel Peixoto said...

Esperamos todos um momento, e aí inspiramos com arte o incenso da vida.
Depois entregamo-nos ao ufano deleite do ópio.

Um grande abraço de amizade .

9:05 da tarde  
Blogger Amapola said...

bellas palabras danzantes con rimas que dejan la libertad de pensar un segundo mas, sin dudas he quedado sin palabras gracias por vuestras palabras dibujadas ahi...
sin duda nunca sera tarde mientras queramos...
cariños y abrazos chilenos.

Amapola
@-->---

10:28 da tarde  
Blogger diva dos sonhos said...

Blog de sonho o teu!!!
Venho retribuir o teu sorriso...adorei!

11:33 da tarde  
Blogger agallu said...

Joaquim um abraco desde Holanda...
o que escreves nao necessita comentarios...

obrigado pela tua presenca em karmabundi

4:04 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

pois...é assim. quando se sabe....sabe-se mesmo....


bendita sabedoria.



beijo.

3:09 da tarde  
Blogger Mia said...

As tuas palavras surgem belas, gentis, suaves, avassaladoras, intensas, profundas...
As tuas palavras sentem-se.
Nao costumo comentar pq me faltam as palavras, para dizer o quanto e como, as tuas me inquietam e encantam.

Beijos

6:01 da tarde  
Anonymous Diana said...

Olá.....

Diria...que é inebriante.....
Bjs.....

6:21 da tarde  
Blogger Daniela Mann said...

Olá Amândio, vim convidá-lo a conhecer a minha nova casa:

www.amar-ela.com

Um abraço,
Daniela

6:45 da tarde  
Blogger Su said...

gostei de ler.te
belas palavras, belos sentires

jocas maradas

8:33 da tarde  
Blogger Luna said...

Como sabes moldar as palavras, numa mistura de seduçao, amor,e um toque perfeito de sensualidade, está sublime
Beijos

8:48 da tarde  
Blogger Aran said...

Gostei! Está fantástico... e original! Um beijinho e inté

12:03 da manhã  
Blogger Aran said...

Está original! Gostei! jinhos

12:05 da manhã  
Blogger Zeca said...

As palavras que faltavam no Plagiadíssimo, agora fazem parte sem favor algum.
Excelente.
Passa por lá e fica bem.

10:57 da manhã  
Blogger mary said...

Hola venderías un Beso???????

4:51 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Dispo-me de roupa e de preconceitos
Chuto contra a parede sapatos e tabus
Fico assim exposta e disposta
A nudez confiante e desafiante
O corpo pergunta
Esperando resposta
Esperando audácia no avanço do teu.

BOM FIM DE SEMANA
bjinhusssssssssssssssss

6:17 da tarde  
Anonymous Miguel said...

interessante.muito interessante.

6:39 da tarde  
Blogger Luna said...

Quero agradecer a tua visita ao meu humilde cantinho, e entregar-te um duplicado das chaves para lá entrares quando quiseres.
Beijos

8:22 da tarde  
Blogger ângela said...

Obrigada pela visita e sobretudo pelas palavras. Gostei de vir aqui, mas tenho que voltar com tempo.

10:54 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

pois...
Fiquei sem palavras e perdi a respiração...
Bjx e bom fim de semana

11:03 da tarde  
Blogger Nelita said...

sensualidade transpira por aki...
:)
jinhos grande bom fds amigo meu

10:20 da manhã  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Vamos por partes... Gostei!

Abraço e bom fim de semana :)

1:26 da tarde  
Blogger falcão e cunha said...

Espectacular.

4:15 da tarde  
Anonymous Para Ti said...

Não há comentário que defina em pleno, o que se sente quando se lê o que aqui deixas...Um beijo para ti

7:49 da tarde  
Blogger sonia r. said...

Bom fim de semana Amândio.
Bjo de boa noite.

10:26 da tarde  
Blogger A.J.Faria said...

Olá, Joaquim!
Palavras repletas de sentido!
Gostei deste teu post!
Um grande abraço,

11:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

COMUNICAÇÃO

Permitam-me que vos anuncie um novo fórum de discussão para todos quantos amam a Arte nas suas mais diversas vertentes.

Como complemento ao universo bloguista, surge com um intuito que vai para além do mero comentário deixado no blog de eleição.

É, acima de tudo, um espaço de discussão onde o essencial é a partilha de conhecimentos, ideias e vivências inseridas no contexto artístico.

A filosofia, a literatura, a fotografia, teatro, pintura, entre outros, são os motes para que se dê asas ao espraiar dos muitos e interessantes, universos que por aqui se expandem.

A Tertúlia, como assim foi denominada, localiza-se em:

http://tertulia.iphorum.com

Sejam, desde já, bem vindos!

P.S. As minhas desculpas ao autor do blog por este comentário fora de contexto.

2:14 da tarde  
Blogger lena said...

um belo momento, envolvido em grandes emoções

belo sempre o que escreves e como o sabes fazer tão bem

beijinhos para ti

lena

5:21 da tarde  
Blogger Anjo said...

O que dizer perante estas palavras..."como portagem, justificadamente exigível,
exiges que te deposite
a totalidade do meu corpo.
é teu."...é lindo.
O amor inebriado...e sentido, corpo no corpo.
Um beijo

1:06 da tarde  
Blogger Claudia Perotti said...

Um texto que desperta muitas emoções em quem lê.
Adorei-o!
Boa semana para ti!

Beijinhosssss

3:41 da tarde  
Blogger gone said...

Dava um mundo para escrever desta forma, pura e tocante...
Está lindíssimo, com tanto sentimento...
Voltarei :)
Beijinho*

9:58 da tarde  
Blogger ricardo relvas said...

simplesmente "taste-it, touch-it, see-it, smell-it

1:06 da tarde  
Blogger RRH 1008 said...

Amigo Joaquim solo decirte que ya vuelvo a disfrutar de la lectura enriquecedora de tu poesía, de corazón te digo que la echaba de menos, todo este tiempo sin poder visitarte me pareció una eternidad, te mando un cordial saludo desde España.
P.D. Ya me dirás como fue la presentación de tu libro “Pedra sobre Pedras”

6:29 da tarde  
Blogger mixtu said...

a tua (dela) escolha já está feita...
cumprimentos monárquicos

7:46 da tarde  
Blogger Bernardo Souto said...

Belo poema!!!

Mallarmé acreditava que nomear um objeto seria suprimir grande parte do gozo do poema,gozo que nasce da felicidade de adivinhar.Eis,creio,o principal mérito do teu poema:a sugestão.

Boa tarde,Amâncio.

Grande abraço.

8:34 da tarde  
Blogger Alexandre o Grande said...

Gostei muito.

Que coito tão bem descrito! :)

8:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Coloquei uma notícia relativa ao lançamento do teu novo livro no Tertúlia das Artes [tertulia.iphorum.com.

Espero que não te importes.

8:48 da tarde  
Blogger Alisson da Hora said...

"sossegar o meu ópio"...sublime...

10:15 da tarde  
Blogger sonia r. said...

Que honra, o meu blogue dos links ter direito a um link. Boa noite Amândio.

10:43 da tarde  
Blogger Andreia Ramos said...

lindo demais!beijinho!

11:12 da tarde  
Blogger alice said...

em quantas partes te partes?

quais as divisões que separas em mim para me unires a ti?

que dimensão tem o espaço entre nós?

imensurável a resposta, meu caro...

um grande beijinho,

alice

3:19 da tarde  
Blogger a lice said...

Fantástico!:)

4:08 da tarde  
Blogger Dark Side said...

Em primeiro lugar queria agradecer a visita.
Felizmente que aquele AZUL não se vende, é de (quase) todos, é para todos. Toda a vida vem dali, todos nós já fomos peixes, todos nós já lá vivemos. É uma pena que alguns o estejam a destruir para enriquecer alarvamente, pena que outros o tentem vender como se deles fosse, para uns e outros só tenho um desejo - que a terra lhes seja leve!
Boa Tarde!

7:21 da tarde  
Blogger Lagoa_Azul said...

Vais por partes lindissomas nos teus poemas,
Vou pelo todo, se é que o todo existe ou existiu...

Beijos com carinho

9:34 da tarde  
Blogger chuvamiuda said...

.....ontem tentei mas não consegui chegar aqui,por aqui se pratica com afinco e sabedoria a arte de conjugar as palavras, dando vida aos sentidos e sentimentos......

12:00 da manhã  
Blogger HatA/mãe said...

Muito belo, imposivel mais palavras todos elas estão gastas, neste poema maravilhoso
Obrigada

5:47 da manhã  
Blogger amadis / pintoribeiro said...

Um beijo de bom dia.

8:06 da manhã  
Blogger BB (O.ö) said...

hummmm...

Perdi as palavras...

11:23 da manhã  
Blogger Leslie said...

Bom, muito bom!!!
Continue sempre assim,hehhehhe

Beijocas

10:31 da tarde  
Blogger amadis / pintoribeiro said...

Um beijo azul de bom dia.

6:28 da manhã  
Anonymous Diafragma said...

Joaquim Amândio dos Santos: Ora então uma visita nova, e portanto mais 3 Blogs para eu visitar!
Pois tens toda a razão, o desconhecido é uma expansão do conhecido.
Uma bela semana por aí e obrigado pela visita.

12:30 da tarde  
Anonymous claudia camara said...

Joaquim,

Você não me conhece. Meu nome é claudia, sou brasileira e escrevo um blgo www.mentirashistoricas.zip.net.
Recentemente, já não sei como, descobri a Alice e suas palavras poderosas. Esta encantadora escritora portuguesa foi o fio que vem me trazendo maravilhas como, por exemplo, os seus escritos e os do Carlos José.

Ainda não consigo explicar a sensação que tenho ao ler as palavras escritas por vocês, pais da nossa língua.
Donos dos nomes que aprendemos a dar às coisas e aos sentimentos.
Sinto estar diante de uma pureza, uma força bruta, um domínio e laços que não aprendemos (ou sabemos) dar com as palavras em português.

Estou encantada....

E olhe que leio de Camões a Saramago... Cresci entre as letras do Eça de Queiros e sou compeltamente apaixonada por todos as Pessoas de Fernando.

Mas a sensação é diferente e ainda não consegui decifrá-la.

Um abraço do Brasil,


claudia

12:36 da tarde  
Blogger Dalila said...

Já comentei a entrevista, não sei é se ficou lá alguma coisa! Estava tão bonito!
=)
Obrigada por tudo.

1:44 da tarde  
Anonymous teresa cam said...

impossível comentar........, tudo o que pudesse dizer, já tu o fizes-te.


Adoro-te

Tem um lindo dia e uma noite de glória pois tu mereces

Beijos

4:10 da tarde  
Blogger BlueShell said...

ADORável...Não te conhecia...e lamento não te ter "visto" há mais tempo! ADOREI!
Um FDS pleno de cores em azuis-mar
BShell^^^***^^^***^^^***^^^^***
»»»***»»»***»»»***»»»***»»»***
«««***«««***«««***«««***«««***
»»»***»»»***»»»***»»»***»»»***
«««***«««***«««***«««***«««***

9:55 da tarde  
Blogger Rosalina said...

"...observo ciumento
como dançam
minhas pernas nas tuas."

nunca me tinha sido dado a ler ou sequer ouvir um exemplo tão perfeito de ciúme.

mas é isso o ciúme. temer até o que os nossos próprios gestos, movimentos possam fazer, quando já não os dominamos na sua entrega total ao desejo.

é isso.

12:44 da manhã  
Anonymous fatima said...

Foi uma surpresa boa, bonita, visitar este blog.
Parabéns, pelos poemas.

1:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Nossa! Parabéns pelas palavras... Um grande beijo!

9:51 da tarde  
Blogger leda said...

Gostei imenso do teu espaço,vou voltar sempre. Obrigada pela tua visita e por lembrar As Asas do Desejo, aquela imagem marcou-me para sempre não sei o porquê... Beijo

9:58 da tarde  
Blogger Icy said...

Eu goste muito de suas palavras!!!!

Gostaria que voce pegue uma oliada au meu blog.

Um beijo!!!

Icy

2:08 da manhã  
Blogger A.J.Faria said...

Olá, Joaquim!
Uma optima semnada de trabalho.
Um grande abraço!

12:31 da manhã  
Blogger Neith said...

Desta vez apenas para te deixar um beijo enorme...votos de uma boa semana :)

1:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro Amândio
Queria lhe agradecer o convite que me ofereceu para a apresentação do seu livro, peço desculpa pela minha ausência mas como sabe não me foi possível estar presente,
Já comecei a ler o seu livro, para quem gosta de poesia, há poemas que nos tocam...
Gosto muito de "Crisálida" e a vossa dedicatória a Nena e seus Pais
O que nos ilumina jamais poderá ser o que nos consome.
Aconchega-nos no calor do sentimento.
Jamais nos reduz a cinza com o inferno da posse!
Não quero comentar, só por comentar, vou fazer o mesmo que Paula Alves, com
muito prazer vou ler e reler, porque gosto muito do que escreve.
Onde posso procurar o seu primeiro livro "Esboços de tinta"?

Um Abraço
Paulo

11:14 da tarde  
Blogger alejandrapiam said...

Estimado poeta:
no le gustaría para beneplácito de todos los lectores poner en su blog la traducción al español de sus poemas?
um abraço

12:04 da manhã  
Blogger saxao said...

Boa tarde. Torneado,...

3:26 da tarde  
Blogger Maresi@ said...

Mais vale tarde do que nunca...não é? ca estou eu sabado a noite a passear pelo seu Blog e "beber sofrega" todas as palavras que "pinta".Faz me bem á alma... despertando sentimentos deliciosos!
Bom fim de semana bjinho

1:30 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home