quinta-feira, março 09, 2006

DA VONTADE

se ausente está teu rosto,
saboreio cada um dos seus contornos
no sorriso

que me provoca a tua lembrança.
na ausência da tua voz
ouço-a num cântico saído
do encanto

que preenche a minha alma.

longo cada segundo

percorrido
ao largo longínquo do teu cheiro.
demasiado longe dos teus sons,
ausentando-me

do delicioso toque
nascido do teu respirar.

como preenchem meus ouvidos!

será sempre para lá,
onde param os meus limites de aceitação,
que farei saber:
eu que não quero que existas mais longe
do que a um simples toque da minha vontade!

será sempre liminarmente alvo de recusa
Tú por cá
sem menos do que a permanência sem fim,
erguendo o aconchego
onde de nunca eu abalo!

33 Comments:

Blogger ~*Vica*~ said...

Lindo poema, muito romântico. Beijos.

6:56 da tarde  
Blogger Andreia Ramos said...

se da vontade...!beijinho!

9:10 da tarde  
Blogger Dalila said...

Quem me dera ter assim inspiração tous les jours!

11:47 da tarde  
Blogger Taia said...

Dia 25 de março está chegando.
E aí, como vai ser?
Saudades sua.
Beijo

12:18 da manhã  
Blogger flash&clic said...

o que se passa aqui oiço vozes no silêncio.. não consigo andas para trás; permanecendo em caixas de memórias cheia de pó de luz!
:)
(gostei)

2:30 da manhã  
Blogger Moni said...

Muito obrigada!
Tuas palavras estão impressas em meus olhos e gravadas em minha mente.
Bjs

3:04 da manhã  
Blogger Nelita said...

o romantisco ecoa por aqui...
gostei
jinhos migao

10:50 da manhã  
Blogger alice said...

jogas com o meu desejo
ora aumentando ora refreando o seu volume
deixando-me cativa da tua vontade em satisfazê-lo
e sabes como isso me excita
quero-te
deixa-me ser uma música na tua vida
alice

10:51 da manhã  
Blogger Artur Moura Queirós said...

Nasce a vontade do uso da recordação que alimenta a distância de um toque...
Um poema sereno e lindo...:)

11:24 da manhã  
Anonymous pequenita said...

é sempre tão bom ler o q escreves...tens o dom na alma...tocas-me...obrigada pelo prazer que nos das....
kissess

12:07 da tarde  
Anonymous teresa cam said...

"vontade...." essa prerrogativa de todos e de cada um, que nos impulsiona e leva adiante e nos faz mover a mais alta montanha da vida para ficarmos com o nosso amor....

Felizarda a mulher por e para quem tu tão sábiamente escreves as palavras que a todos nos deleitam.

Beijos meu querido amigo

2:32 da tarde  
Blogger Spiritman aka Bacardiman said...

Mais um post bonito, mais um post bonito, nem vou dizer nada pra não estragar!

Abraço mixed by Jameson 12 anos!

4:46 da tarde  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Quanta saudade,quanta falta do bem querer..
Belas palavras meu querido.
lindo seja seu dia
beijossssssssssss

5:14 da tarde  
Blogger Freyja said...

te lo he dicho antes, que tienes un bello espacio y escribes muy lindo.
Aprendi hace mucho tiempo a leer el portugues y a escucharlo, lo encuentro maravilloso, me encanta y lo entiendo bien.
entiendo tus palabras bellas que escribes, por eso te digo que escribes muy lindo.
gracias por tus saludos en esos espacios que tengo.
un abrazo y que tengas un lindo fin de semana

besos y sueños

2:29 da manhã  
Blogger Rosalina said...

pleno de sensualidade...

9:03 da manhã  
Blogger alice said...

querido amândio,
não poderia deixar de passar por aqui e ler-te novamente...
sabes, há algo muito importante que gostaria de te pedir pela nossa amizade, diz-me com toda a honestidade se fui além dos limites do eticamente aceite num blog no meu último post
um beijinho doce, alice

1:55 da tarde  
Blogger Carlos José Teixeira said...

voltei... e voltar aqui é como voltar a casa.
e já tenho tantas casas onde voltar!
bem hajas, bem hajam todos os que me aquecem a alma.
abraço,
CT

2:55 da tarde  
Anonymous sofia said...

Diz um lugar comum que "vivendo e aprendendo..."

Penso que o mais importante seja aprender para viver.

Às vezes, cometemos atos falhos, não por maldade ou intencionalmente e,
sim, por completa falta de conhecimento. Mas acabamos ferindo pessoas que nos
são caras ao coração e à vida... pessoas essas únicas, indivisíveis, completas !

A vida é um eterno quão longo aprendizado. Aprendemos pequenas coisas
que nos tornam grandes, mas esquecemos, às vezes, de aprender
grandes coisas que podem nos tornar pequenos.

O mais importante, contudo, é estarmos dispostos ao constante
aprendizado para que, desta forma, com e através dele possamos,
não deixar de errar, pois isso seria utopia, mas, ao menos,
nos aprimorar naquilo que temos de mais precioso:

Crescimento interior.

Mas para que ele se dê é necessário aprender para viver...





Serena

4:54 da tarde  
Blogger A.J.Faria said...

Olá, Joaquim!
Há ausências que são mais nítidas do que as presenças!
Excelente poema, gostei de passar por aqui!
Um grande abraço,

5:53 da tarde  
Blogger Vanda Baltazar said...

Abençoada vontade! :)

9:29 da tarde  
Anonymous Neith said...

(suspirando)...ler-te é puro deleite...beijinhos e bom fim de semana

11:01 da tarde  
Anonymous marta said...

Eu estou partindo,
Não sei para onde, apenas vou....
Tenho os olhos rasos d'água
ao sentir que esta grande mágoa
foi de um amor que nunca existiu...
amor cheio de promessas,
amor faceiro, amor fugaz,
apenas amor,
sem poder sentir, nem desejar
Sim...um ponto final
como em todos os romances
de filmes, de novelas....
onde todos representam seus papéis....
e no fim apenas o enredo,
furtando os corações apaixonados...
Triste final....
Sem amor...
sem desejos... sem nada....
Eis o amor,
o amor que não existe,
somente prevalece nas horas felizes,
Amor sem nexo,
amor sem amanhã
sem auroras, sem noites,
amor...mentira!

11:50 da manhã  
Blogger luz azul said...

muito romantico,lindo...........beijos

3:39 da tarde  
Blogger Ana P. said...

Bom, como sempre.

Beijo

10:39 da manhã  
Blogger Silêncios said...

Grata pela visita, pelo convite, e claro que vou voltar...
Fica um beijo

1:09 da tarde  
Blogger isa xana said...

ler-te provocou-me sensações de calma, saudade, ternura:)

*

2:28 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ai, saudade!
És tão cruel e no entanto sem ti, como pode o amor crescer?

Beijinhos. Alexandra

4:09 da tarde  
Blogger Miguel Peixoto said...

Navego pelo mar imenso e acolhi sem restrições o encanto e intensidade das suas palavras.
Procuro icessantemente um porto seguro para aì poder degustar com calma estas letras que desafiam constantemente o meu porto de abrigo.
Acolho-as com grande carinho, pois nelas construo....
O meu ninho.

Lindíssimo
Grande abraço

5:20 da tarde  
Anonymous amor sombrio said...

Amor, quatro letras em um significado tão grande,
A meu ver, o "a" primavera em nosso coração do primeiro amor,
O "m" maciez em nossa pele, diante do carinho e do afeto conjugados,
A letra "o" eliminar o orgulho para viver juntos para a eternidade,
E a letra "r"...risonhos dias na cumplicidade e sinceridade....
O amor em si não existe explicações e nem sabemos
o que realmente significa,
É um ato supremo entre duas pessoas afins.
A doação de almas e corpos , vidas que se
tornam um só, perante a eternidade....
Amor....apenas quatro letras
Dominando todo o ser humano,
Levando- o ao altar ou a rastejar o chão.
Porque, amor além de tudo
é nunca precisar
pedir perdão!

10:35 da tarde  
Blogger Rosalina said...

"eu que não quero que existas mais longe
do que a um simples toque da minha vontade"...belíssimo!

(não resisti a outra paragem)

12:34 da manhã  
Anonymous miguel said...

Atmosféricamente conciso e esbatido no poder encerrante da lembrança... e da vontade.
Haja vontade para...

10:01 da manhã  
Blogger falcão e cunha said...

O amor e paixao do mais sensivel e arrebatador, intenso e absurdo....
Um abraco,
C. de Amsterdam

11:32 da manhã  
Anonymous ricardo relvas said...

simplesmente contagioso

6:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home