sexta-feira, fevereiro 17, 2006

capa e dedicatória



pedra sobre pedras
ABRIL, 7
o que nos ilumina jamais poderá ser o que nos consome.
aconchega-nos no calor do sentimento.
não nos reduz a cinza com o inferno da posse!

53 Comments:

Blogger Nelita said...

que o teu caminho seja iluminado pela paz, e as pedras reconstroem-se com a forma que lhes damos ...
pedra sobre pedra(s)
lindo ,,, parabens amigo meu

6:22 da tarde  
Blogger RRH 1008 said...

Amigo Amandio, amigo poeta, ante todo muchas gracias por la ilusionante invitación que me ofreces para estar en tu presentación de tu libro “Pedra sobre Pedras” en la ciudad de Porto, pero tengo que decirte que me es imposible que pueda asistir personalmente a tan magnifico evento. Pero te digo que si estaré ese día mentalmente contigo deseándote que tengas mucho éxito.
Tienes que decirme donde puedo comprar un ejemplar de “Pedra sobre Pedras” pues ya le hice un sitio para colocarlo en mi biblioteca.
Amigo Joaquín un fuerte abrazo desde España.

8:03 da tarde  
Anonymous Miguel Peixoto said...

Que a chama, saida do puro gelo, encontre aqui o lugar de repouso, e, aí sim poder contemplar toda esta verdade "dura" para alguns. Inacreditavel para outros; e obvio para todos que é o amor. Descreveu-o com toda a "gana", sensibilidade e ardor como à muito não lia.
Provavelmente ainda será um case study...

Sinto-me agraciado por pertencer a este grupo de comentadores.
Obrigado. Um Abraço

9:06 da tarde  
Blogger Luna said...

Pedras, degraus de uma escada,que vamos construindo na nossa caminhada.

11:29 da tarde  
Blogger sonia r. said...

Uma boa noite sem pedras.
Bjo.

11:55 da tarde  
Blogger Freyja said...

que bello y la imagen esta linda.
gracias por tus saludos en Lagrimas.
Un abrazo y que tengas un buen fin de semana

besos y sueños

2:16 da manhã  
Blogger relampago said...

f a b u l o s o......



e





obrigado e









beijo e
















bomfimdesemana..../piano

9:37 da manhã  
Blogger Artur Moura Queirós said...

Quando a liberdade arde, que suas cinzas sirvam de alimento a um novo solo...:)

9:50 da manhã  
Blogger Ana P. said...

Que tudo de bom passe por ti....ficando

Bj

11:30 da manhã  
Anonymous CANDIDO said...

pedra sobre pedra(s) e vai descobrindo novamente o caminho da felicidade... parabéns grande amigo, não imgina o orgulho k tenho em o conhecer... Estou muito feliz, pk o sinto feliz... Abrço

1:40 da tarde  
Blogger sonia r. said...

Bom fim de semana Amândio.
Bjo.

2:21 da tarde  
Blogger Andreia Ramos said...

concordo com tudo1expressivo e sincero!beijinho1

4:25 da tarde  
Blogger scrutarius said...

Foi grata a surpresa do encontro nestas paragens... mas, não foi surpresa a agilidade das palavras com que nos satisfazes o gosto pela poesia.

8:22 da tarde  
Blogger Silmara Roberta said...

Muita luz e beijinhos!

12:47 da manhã  
Blogger lonely star said...

eu vou salvar essa foto meeeeesmo auhauahau

beijosss ta lindo.

3:07 da tarde  
Anonymous Carlos J. Teixeira said...

Sabes que eu não sou grande coisa a comentar... dá-me a impressão que ao falar acerca de palavras como as tuas estou a estragar qualquer coisa...
Enfim, o que dizer?
Que não estou de acordo.
Não concordo pois o que me ilumina é precisamente o que me consome. Num fogo lento, por vezes de solidão, de sarcasmo outras e, invariavelmente de recusa da (a)normalidade do normal... da merda de vidinha que insiste em tentar dobrar uma espinha já gasta pelo cansaço de tentar manter um corpo erecto.
A solidão, o sarcasmo, a recusa, fogo lento.
Consomem-me e iluminam-me.
Mas, é claro, isto não passa de um jogo de palavras.

É uma honra estar aqui.

Abraço,
CT

P.S. segue e-mail.

3:15 da tarde  
Anonymous pequenita said...

K tal um livrinho???Escreves lindamente....
:o)kissesssssssssssss

3:27 da tarde  
Anonymous Neith said...

Palavras que iluminam o clarão da pálida luz que por vezes nos assola pelo caminho...magnifico!!

4:06 da tarde  
Blogger Márcia said...

Meu querido,que as pedras possam adornar seu caminho fazendo trilhas de esperança..
Lindo dia,
beijosssssssssssss

7:26 da tarde  
Blogger Silmara Roberta said...

Oi passando e deixando um beijinho em seu coração!

4:53 da manhã  
Blogger flash&clic said...

adoro a foto para a capa do livro!!! contemplativa demais...

=)

10:18 da manhã  
Anonymous Mª António said...

Que este seja o colocar de uma pedra sobre a Luz que teima em ofuscá-lo, mas também que lhe tenha servido de ensinamento para não ter de usar outras pedras na sua vida. chega de sofrimento. um novo amor deve ser encarado com serenidade para o poder viver intensamente no futuro se essa fôr a escolha certa. Quando estamos carentes e doridos tudo nos parece uma saída. Sei que está feliz espere que dure o suficiente para acreditar que há sempre o reverso da medalha, por mais paridas que sejam as dores que atravessam o nosso caminho. todas servem para aprendermos e nos corrigirmos. podemos ser génios a nível profissional, mas muitas vezes somos ingénuos a nível pessoal.
Vou estar com muito prazer no lançamento deste magnífico livro.
Beijos para o magnífico dr. Amândio.

11:47 da manhã  
Anonymous Ana Silva said...

Dr. Amândio, venho por este meio cumprir a minha promessa e deixar algumas palavras sobre a sua obra.o que mais me tocou foi a intensidade de sentimentos exprimidos em grande parte dos poemas.posso mesmo atrever-me a afirmar que me encontro mergulhada em muitos desses sentimentos.é fantástica a maneira como estes versos tocam as pessoas mas, a meu ver, a isso se resume a arte.e nem toda a gente tem a capacidade de o fazer.eu sei que devia ser apenas um pequeno comentário mas não posso deixar de lhe agradecer todo o trabalho que tem feito por mim.por isso mesmo vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para corresponder ás suas expectativas.um abraço, Ana Silva.

2:44 da tarde  
Anonymous teresa cam said...

Pedra.........
Redonda, quadrada, oval, pontiaguda, sem forma
Que importa........ é pedra
Matéria que tudo constrói ou destroi.
Tudo passa tudo esquece........, mas tu construis-te, pedra sobre pedra, algo que será eternizado na alma e sentimentos de todos os que amam o que a pedra tem de belo.
Com alma, genialidade e até uma certa dose de ironia colocas sempre no que escreves uma tal intensidade que iluminará para sempre os caminhos (de pedra) que todos percorremos até ao infinito.

Beijos meu querido e obrigado por este belo presente que fazes o favor de partilhar connosco.

4:48 da tarde  
Blogger lena said...

obrigada por ires até à minha cabana
caminhei até aqui e gostei de te ler
e lembrei-me de algo que uma vez escrevi


Fui pedra
Em manhã de frio.

Estrela
Nos caminhos da infância

Verão quente
Em arbustos de fogo

Frescura
Num instante inocente

Fui obra
Na inteligência humana

Lâmpada
Duma paixão adormecida

Infinito
Em certas horas

Teoria
De palavras ardidas

Fui sonho
De uma loucura com sol!

l.maltez


deixo aqui para ti

beijinhos meus

lena

12:05 da manhã  
Blogger spartakus said...

ahhh bem. capa bonita. bom dia.

10:26 da manhã  
Blogger sonia r. said...

Boa tarde Amãndio.

Bjo.

1:42 da tarde  
Anonymous fotomiradas said...

-me suena mucho esta foto , creo que la cogiste de mi blog ;-)

3:37 da tarde  
Anonymous Guilherme said...

Optima foto para a capa. Desejo de um grande sucesso para o seu livro como tambem para a vida. Abraço

4:43 da tarde  
Blogger mariadarosa said...

eu acho que foi a necessidade de alguem a ouvir.

Quanto à sua postagem, o conjunto (foto/poema) confere uma força extraordinaria.

Obrigada pela passagem.

7:20 da tarde  
Blogger Chups said...

O que escresveste trancende o meu conhecimento, não deixando de ser belo, é também incopreendido por min..

sou um puto com a mania que escreve :/

obrigado pelo comentário
gostei imenso da tua reacção ao le-lo..

.
.
.

9:59 da tarde  
Blogger .: jigoku :. said...

Confesso q estou abismado... pelo que percebo a notícia já havia saído cá para fora há uns dias, e eu, invariavelmente, ando com a cabeça nas nuvens e só agora percebo que é um livro que publicas.

Gostava que me enviasses o Título e Editora, para que o possa adquirir.

Muitos parabéns, Amândio. Julgo que é mais que merecido.

:))

1:59 da manhã  
Anonymous Mª António said...

Não conseguia dormir, por um motivo ou por outro, não sei. depois de voltas e voltas ocorreu-me reler todos os seus poemas. num recanto da minha sala leio e releio essas palavras doces e amargas que tão solenemente ousou partilhar, que... continuo a achar fantásticamente intensas e puras, e, dignas de serem publicadas.
não... não me deu sono...
Beijos

5:20 da manhã  
Blogger sonia r. said...

... ainda aqui estamos?
Boa tarde Amândio.

Bjo.

1:43 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Joaquim

Palavras sábias as tuas!

Aqui
não ficará pedra sobre pedra
que não seja derribada

(assim rezam as profecias)

mas...

"O que nos ilumina
jamais poderá ser o que nos consome"

É esta a nossa fé!

Beijinhos

2:18 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira said...

e cá estarei...como sempre...leitora atenta....


a receber-te.


beijo.

7:11 da tarde  
Blogger Silmara Roberta said...

Estarei por aqui acompanhando, beijos de ternura em seu coração!

7:25 da tarde  
Blogger spartakus said...

...que venham as pedras. ora boa noite.

7:46 da tarde  
Blogger Moni said...

Cega pelo amor...
Presa entre a luxúria e o ódio eu cicatrizo meu destino...
Bjs, maravilhosos teus poemas...
Bjs

8:00 da tarde  
Blogger Freyja said...

gracias por tus saludos
si entendi bien vas a lanzar un libro...
si es asi...exito en todo lo que viene y un gran abrazo
que todo salga bello y mereces los que sueñas.
mil sueños que hoy cumples...que se hacen real.
un abrazo y muchos cariños
que salga todo belo

besos y sueños

y polvo de estrellas para que todo brille

4:54 da manhã  
Blogger spartakus said...

kadé do meu comentário. num levas bom dia, fica kus kalhaus.

7:57 da manhã  
Blogger Silmara Roberta said...

OI querido estou passando para desejar a vc um otimo carnaval, beijinhos encantadinhos em seu coração!

4:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

olá padrinho....

Cá estou eu para lhe desejar neste momento as maiores felicidades... Muitos parabéns pelo livro, mas sobretudo por ter decidido pôr Pedra sobre pedras na sua vida. Desejo que a partir daqui começe a construção de um novo caminho... "pedra a pedra" iluminado pelo amor....

Parabéns
Alice

12:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pedra sobre pedra.... significa a construçao,a elaboraçao de tudo quanto nos rodeia...passo a passo alcançando 1 objectivo!que o objectivo seja alcançado e que o mundo se apresente aos nossos olhos nao como uma utopia mas sim 1 realidade fantastica!bjs pituxa

8:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

só os génios conseguem escrever desta forma, com esta profundidade, usando palavra sobre palavra, tal como "pedra sobre pedra", construindo assim, algo que todos nós devemos louvar e agradecer por partilhar connosco!!!PARABENS!!!
Isabel

11:08 da tarde  
Blogger ricardo relvas said...

penso que o caminho já está iluminado, quanto ás pedras são tal como este bom e grande Penafidelense, base do que de bom se realiza e exporta da minha cidade adpotiva Penafiel.Parabéns por estas pedras escritas sobre base digital.

5:00 da tarde  
Anonymous Guilherme said...

Cá estou eu para lhe desejar neste momento as maiores felicidades. Muitos parabéns pelo livro, mas sobretudo por ser a pessoa que é. E já agora obrigado pelo convite e até dia 7.
Um grande abraço...

1:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Carta ao meu anjo


Faz-me acreditar que existes, deixa-me sentir-te!
Quero conhecer o teu rosto, o teu cheiro, o teu toque.

Quero aprender a viver com a doce realidade da tua existência
Faz-me feliz, faz-me feliz, existe!

Cada dia terá o gosto de uma nata quente depois do café!
Serás a diferença nos meus dias, que deixarão de ser como todos os outros.

Pergunto se algum dia conhecerei o teu rosto, o teu cheiro, o teu toque!
Quero ser feliz, quero ser feliz, existe.

Faz-me acreditar que existes, deixa-me sentir-te!
Faz-me feliz, faz-me feliz, existe.

No meio dos loucos, ficarei menos louca!
Passarei a vida a dar-te a mão e a proteger-te.

Anjo, Anjo recebe o meu pedido!
Basta que o teu coração pulse para eu ser feliz

A final saberei que eu própria sou filha de Deus.

4:08 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Desejo sucesso e não boa sorte.
a sorte é ficarmos sentados à espera que ela apareça!
O sucesso conquista-se com empenho e profissionalismo.
como o seu.

Adão Ferrador

6:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pedra sobre Pedra se constroem vidas e projectos. Momentos plenos de conhecimentos e experiências, e em alguns tive o prazer de participar e absorver valiosos ensinamentos.

Aguardo ansiosamente o momento de ver essas páginas disponíveis ao mundo.

Júlio Sousa

12:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

VIGILIA: Um belo poema que descreve de forma singular os encontros e desencontros de tantos que se apaixonam, mas que não se dão a oportunidade de viver essas paixões. Bom trabalho! Alexandra

4:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Boa noite Amândio

Espero que o lançamento do teu livro tenha corrido da forma que desejavas.

Aproveito para te deixar o novo endereço do meu blog:
www.some-echoes.blogspot.com

Um beijo e votos de um bom fim de semana

3:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sei que por vezes a distância é fruto donde vivemos, mas existe uma coisa que muito me orgulho : ter o privilégio de te ter como irmão.

Sinto muito mas mesmo muito orgulho em ti , disso não tenhas a menor dúvida.



Um abraço enorme e felicidades na arte de bem escrever........................

Teu mano

Orlando Santos

3:49 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home