sexta-feira, março 24, 2006

CURA



o que nasce

na pureza do amor,
combate sempre sem tréguas
a superficialidade.
o que irrompe ufano
fruto da euforia que só a paixão provoca,
derruba categoricamente
os muros erguidos pelo medo.
o que brota sem cessar
do nosso desejo,
amortalha definitivamente
a mágoa que nos consome.

o que nasce de mim
é Teu.

48 Comments:

Blogger Sea said...

pois... se fosse sempre assim...

5:08 da tarde  
Blogger Claudia Perotti said...

Ai ai ... acabei de ler e nasceu em meu rosto um grande sorriso.

Belíssimo, poeta!

Bom final de semana para ti!

Beijinhossssss

5:40 da tarde  
Blogger Amapola said...

os vengo a dejar cariños chilenos tras el paso en mi blog..
os dejocariños y mil gracias por tus palabras... eres bienvenido..
cariños

Amapola
@-->---

5:52 da tarde  
Blogger Nelita said...

A paixao derruba fronteiras...
O amor fortalece laços...
a amizade constroi os elos que laçam as fronteiras,,,
credo ...
se eu escreve-se como tu amigo meu isto tinha saido bem...
lol
bjkoas

5:53 da tarde  
Blogger Artur Moura Queirós said...

Com amor se mata, com amor se renasce...:)

6:53 da tarde  
Anonymous Glayds said...

Olá Joaquim,

Recebi sua visita em meu blog e vim retribuir a gentileza.
Me deliciei passeando pelo seu blogger e lendo as coisas que você escreve. São simplismente lindas!!! Parabéns!!!
Tomei a liberdade de entrar na sua página da web também. Desculpe, mas não resisti...(risos).
Vi que gostas de música e se quiseres conhecer também a minha página na web será um prazer para mim.
www.lumiarte.com/luardeoutono/radiolo-glaydsrocha.html
Você passa uma serenidade e uma paz muito gostosa.
Será um prazer receber sua visita mais vezes.
Um abraço,
Glayds.

6:57 da tarde  
Anonymous Eduardo Bandeira said...

Um verdadeiro buffet de palavras deliciosas que acompanham magnificamente uma vida nova...

PARABENS!

::edu@rdo

7:10 da tarde  
Blogger Lagoa_Azul said...

Lindissimo poema,

Recolho-me á insignificancia de meu comentario...

Votos de uma boa noite, beijos com carinho

8:42 da tarde  
Blogger alice said...

uma belíssima declaração de amor, amândio, como aliás já tinha tido oportunidade de dar essa opinião!

desejo-te um óptimo fim de semana

um grande beijinho

fica bem *

alice

8:59 da tarde  
Blogger Leslie said...

Nossa, cheguei a ficar sem ar ...
Serei uma visitante assídua.
Tb quero agradecer pelo comentário deixado no meu blog e tenho certeza que vc estava num super astral por estar escutando Perry Blake, num quarto de cor manga, com incenso de mirra a pairar. Simplismente fantástico.
Bjs

9:18 da tarde  
Blogger Moni said...

Lindo...
Cada vez mais lindo...
Cada vez mais profundo...
Cada vez mais entras em minha alma...

Bjs

9:39 da tarde  
Blogger Miguel Peixoto said...

as letras que de mim brotam são fruto da luta para atingir a pureza do amor, principio de todo o ser...

Bélissimo, enorme abraço

10:01 da tarde  
Blogger Santinha said...

Há coisas que nascem ......e nunca deviam morrer....

10:53 da tarde  
Blogger Luna said...

Que bom era se assim fosse, e sendo que fosse eterno
Beijos e bom fim de semana

11:33 da tarde  
Anonymous isobel said...

...resumo de mim
avessos do avesso...

12:47 da manhã  
Blogger whisper said...

'...amortalha definitivamente
a mágoa que nos consome.', gostaria que assim fosse. Acontece, que muitas vezes não amortalha, faz reviver uma e outra vez. De qq forma, o amor é lindo e vale a pena vivê-lo, mesmo que a mágoa fique agarrada que nem lapa. Beijo e, bom fim-de-semana :)

P.S.- Posso pôr o link no meu blog? Obgda :)

1:15 da manhã  
Blogger Aurelio said...

Tudo aquilo que é grandioso está destinado aos profundos...

Aqui mais um belo mergulho neste universo tão brilhantemente escrito pelo amigo.

Abraços

5:44 da manhã  
Blogger spartakus said...

toma lá chuakssss e enterra a mágoa.

2:13 da tarde  
Anonymous Diana said...

Bom dia......

Tem uma musiquinha assim.."mas o teu amor me cura.....de uma loucura qq"......
Bjs....

2:23 da tarde  
Blogger Alma said...

Fez-me sentir uma brisa leve...

3:18 da tarde  
Blogger Mirada said...

moi bo, parabéns...

7:48 da tarde  
Blogger A.J.Faria said...

...o que nasce da pureza do amor, tem a força capaz de mover montanhas!
Um grande abraço, Joaquim!

10:44 da tarde  
Blogger alejandrapiam said...

..."muchacha imperfecta busca hombre imperfecto
exige lectura de Ovidio, ofrece: a) dos pechos de paloma B)toda su piel liviana para los besos, c)mirada verde para desafiar el infortunio de las tormentas; no va a las casas, ni tiene telefono, acepta imantación por pensamiento"...

visitar tu blog siempre es inspirador...

12:33 da manhã  
Blogger alice said...

querido amândio,
tu, mais do que ninguém, deixaste-me ser eu própria e isso não tem preço...
este é o meu último comentário no teu blog, mas não as minhas últimas palavras para ti, amigo
virei sempre aqui ler-te e estarei sempre contigo
a ti direi o que se passou
mas não aqui, nem agora
falaremos depois
então, até breve
beijinhos,
alice

9:12 da manhã  
Blogger candido silva said...

Imagem sem palavras, linda...
quantas as palavras,tudo k possa dizer começa a ser muito pouco por isso fico em silêncio e saboreio...
o meu silêncio, demonstra o respeito e admiração por alguém muito grande, esse alguém é AMANDIO SANTOS sem dúvida...
Abraço Grande Amigo

2:10 da tarde  
Blogger lena said...

lindo!

a pureza do amor em cada verso teu, um desejo que se devia concretizar

beijinhos para ti


lena

3:37 da tarde  
Blogger Dalila said...

Tão real.

7:45 da tarde  
Blogger alyia said...

Bonito. Gostei!
:)

11:05 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Lindo :)
Fiquei presa à beleza das tuas palavras.
Bjx e boa semana

11:34 da tarde  
Blogger HatA/mãe said...

Não me atrevo a comentar o seu blog, com toda a humildade confesso, que não tenho qualificação literárioa para o fazer.
Temos blogs com caracteristiscas diferentes...
Atrevo-me sim, a comentar enquanto pessoa, conforme se apresenta neste mundo da blogosfera.
Alem do blog, desde que deixou lá aquela mensagem...a curiosidade move-me a ler os comentários que tem comentado, por aqui e ali, enquanto vou passando pelos outros blogs.
Mo fundo o que lhe quero manifestar é a minha grande admiração pela sua enorme coerencia.
Muito obridada

1:06 da manhã  
Blogger Eli said...

Tão especial quando damos o que somos... pois darmos o que somos é resumir tudo ao palpável...

:)

1:44 da manhã  
Blogger João Mãos de Tesoura said...

O que nasce na pureza do amor... cada vez é mais raro isso! Mas eu sou um homem de sorte!
Abraço

2:02 da manhã  
Blogger greentea said...

expor

e cantar o amor

para amortalhar a dor

um bom dia
por aqqui

11:00 da manhã  
Blogger HatA/mãe said...

Espero que não se importe do meu post.
Como me ofereceu uma palavras, são minhas...apliquei-as onde me faziam mais falta. Neste momento, tenho a cabeça cheia, os pensamentos são tantos que se baralham.
Uma boa semana
um abraço

1:29 da tarde  
Anonymous Para ti said...

Deleito-me por aqui...
Beijo grande

1:59 da tarde  
Blogger Rosalina said...

saboreei várias vezes...
e agora surge-me uma dúvida:

o que é a pureza do amor?

5:37 da tarde  
Blogger Andreia Ramos said...

amar e ser amado!maravilhoso!beijinho!

10:11 da tarde  
Blogger Natalie Afonseca said...

Olá!!
Gostei muito do que acabei de ler!!
Muito bom!!
Qual a cura para o amor senão amar!!?!
:))

"o que nasce de mim
é Teu. "

Beijinhos

11:19 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

o amor não tem palavras q o descrevam...pk por mto k tente-mos nca ire-mos conseguir decifrar....so decifra o amor quem o sente....feliz de quem sabe amar :o) felizmente sinto-o bem dentro de mim...
"..amo-te...como só e apenas o amor saber amar..."

2:10 da tarde  
Blogger Neith said...

Fiquei parca em palavras...obrigada pelo momento. Beijinhos :)

4:01 da tarde  
Blogger lonely star said...

Nem sei se creio mais nesse tipo de amor...

4:32 da tarde  
Blogger falcão e cunha said...

A força do Amor é o teu combustível inesgotável.
Alimenta a tua inspiração qual torrente irresistível e imparável, de palavras endoidecidas mas iluminadas...

5:05 da tarde  
Blogger Ana P. said...

Lindo.

Pois o que nasce da pureza do amor, é verdadeiro e por ser verdadeiro é único, é teu, de quem te partilha, é vosso.

Beijo

10:40 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Gostei do poema pela sua simplicidade. Parabéns. Alexandra

12:14 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Mais um grande poema.
Ler os teus poemas é sempre agradável.
Abraço.

1:06 da tarde  
Anonymous teresa cam said...

Simples, sem falsas pretensões, mas belo como tudo o que o amor constroi.

Beijos meu querido

4:15 da tarde  
Blogger RPM said...

ao percorrer estes lados da blogosfera, parei neste "Negra Tinta".

gostei e voltarei.

os poemas como o resultado da soma de palavras muito próprias e muito sentidas estão, como na arte da doçaria, no ponto certo....

parabéns.

Abraço

RPM

5:14 da tarde  
Blogger -Célia Casquinha said...

Olá Amândio,

Estava em falta para contigo, tem sido um periodo complicadissimo para mim, mas vou vivendo um dia de cada vez...

Poemas lindissimos que me fazem corar de vergonha da minha insignificância, mas inspiraste-me não só na criação, mas na ousadia de aqui o postar

na pureza do amor
se esconde a inconformada dor
que nos prende e sufoca
e nos faz estremecer.
a mortalha que nos eleva
esconde no seu seio a alma
que quer libertar mas a quem não dá escolha.
o que nasce de mim
é Teu
o que nasce de ti
me tiraste



jinhos fica bem


Célia Neno

1:58 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home