terça-feira, abril 18, 2006

LEITO



em cada movimento muscular do meu respiro
preenche-me a tua fragrância.

nos movimentos incontroláveis das minhas pálpebras
sonho mirar meus olhos dentro das retinas dos teus.

quem escutar os sussurros dos meus lábios
ouve os sons do meu desejo buscando a tua boca.
se estou prisioneiro nos braços do meu sono porque sorrio?
como ouso mover tão harmoniosamente
os músculos que comandam a vontade dos meus lábios,
se não sou dono desperto da minha vontade?

porque teu tacto delineia as fronteiras da minha imaginação
num embalo que me aconchega vindo de ti.
provoca-me um estado de alma nascido sob a doce ditadura do sonho.

53 Comments:

Blogger lonely star said...

quero ser escrava da ditadura do sonho pra sempre...

11:37 da tarde  
Anonymous Ma'at said...

"doce ditadura do sonho"...

1:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

"o homem sonha, a obra nasce". Doce sonho, que fustiga de prazer quem ousa nele viver. Alexandra

11:06 da manhã  
Blogger Dalila said...

Esta "série" é tão mais romantica!
Luv is in the air

11:08 da manhã  
Anonymous Para ti said...

Palavras que conseguem tocar-nos no âmago dos sentidos...

11:23 da manhã  
Blogger Mendes Ferreira said...

:) :) :)

__________________as ondas não me embalam como a ti as palavras que escreves....


__________________beijo.

11:42 da manhã  
Blogger estrela de papel said...

Adorei o blog

não só pela qualidade das imagens como os poemas, os textos, as ilustrações.

E as palavras que saltam sem esforço, para nos transmitir msgs tão belas.

Um abraço

11:48 da manhã  
Blogger Mia said...

o sonho desperta a alma aprisionada no corpo cansado, e leva-a por mares profundos, por agua revoltas, por ocenanos insondaveis, que nos conduzem á nossa vontade, ao nosso ser, ao nosso querer. É no sonho que reinventamos amores, paixoes, desilusões, magoas, toques, caricias, palavras.
É no sonho que somos.

:)
Beijinho

12:23 da tarde  
Blogger Aposto que doeu!!! said...

Desconhecia por completo o que faz com as palavras!
Surpreendeu-me (o que é raríssimo acontecer comigo!)
Abraço
Bruno

2:09 da tarde  
Blogger a.s. said...

querido amândio,

faltam poucas horas para que as palavras voem dos blogues e pairem a uma mesa circunstancial... são minutos que conto na ânsia de saber dos vapores do chã tardio da tua poesia... são segundos ocos na espera da aterragem...
um grande beijinho,
alice

3:46 da tarde  
Anonymous Diana said...

Olá.....

Que tenhamos sempre essa ditadura....do sonho....
Bjs...

4:55 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

escusado sera dizer k adorei mais uma vez parabens.....

Toco-te...
Todos os meus sentidos...
se entregam, embevecidos...
ao calor deste momento.....
Toco-te....
Percorro teu corpo cheiroso...
enquanto vibras.....
e teus desejos aumento...
Toco-te...
Não há mais resistências....
Matamos nossas carências...
nos mais ousados apetites....
Tocas-me....
Então me sinto perdida...
e me entrego sem medida...
a tua voracidade sem limites....
Tocas-me....
Desbravas o meu avesso....
e sabes que conheço...
as diabruras do teu pensar.....
Tocas-me....
e entre gemidos convulsos...
aceleram-se nossos pulsos...
na ânsia de delirar....
Tal qual serpentes nos enlaçamos...
ávidos de prazer nos entregamos...
plenos de gozo encontramos...
a plenitude do nosso amar....

6:04 da tarde  
Blogger Moni said...

Muito lindo...
Mais uma vez.
Não tenho mais palavras para comentar teus posts a não ser estas...
Bjs

6:07 da tarde  
Blogger Moni said...

Muito lindo...
Mais uma vez.
Não tenho mais palavras para comentar teus posts a não ser estas...
Bjs

6:07 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Toco-te...
Todos os meus sentidos...
se entregam, embevecidos...
ao calor deste momento.....
Toco-te....
Percorro teu corpo cheiroso...
enquanto vibras.....
e teus desejos aumento...
Toco-te...
Não há mais resistências....
Matamos nossas carências...
nos mais ousados apetites....
Tocas-me....
Então me sinto perdida...
e me entrego sem medida...
a tua voracidade sem limites....
Tocas-me....
Desbravas o meu avesso....
e sabes que conheço...
as diabruras do teu pensar.....
Tocas-me....
e entre gemidos convulsos...
aceleram-se nossos pulsos...
na ânsia de delirar....
Tal qual serpentes nos enlaçamos...
ávidos de prazer nos entregamos...
plenos de gozo encontramos...
a plenitude do nosso amar....

6:08 da tarde  
Blogger aprendiz de viajante said...

NUNCA MAIS TE DEIXO! Teu blog é lindoooooooooooooo!!! Palavras, imagens... magnifico!

Vou-te linkar quando organizar os meus links...

Prazer em te descobrir!
Obrigada pela tua visita no meu blog.
Fica bem.

7:18 da tarde  
Blogger Um outro olhar said...

todo o encadear,desde o movimento muscular ao respirar, fazem parte de algo, esse algo...

esse algo somos nós, que em harmonia com o nossos sentidos, nos desperta, o viver e nos embala de encontro ao sonho....

assim vamos sonhar...

:)

Nota: obrigada pela visita, gostei muito.

7:55 da tarde  
Blogger umacoisaemformade_assim said...

obrigado pela visita.
...porque me permitiu chegar até aqui.
:-)

8:50 da tarde  
Blogger Su said...

sem palavras
jocas maradas

8:53 da tarde  
Blogger Andreia Ramos said...

amar e inexplicavel, simplesmente sentido de corpo e alma!beijinho!

9:52 da tarde  
Blogger HatA/mãe said...

Eu tambem sou uma admiradora assumida das suas palavras, ja lho disse imensas vezes não só pelo que pubica, como pelos comentarios que vai deixando por aí.
É muito bom ver e ler uma pessoa tão ocupada se esforça por ir a todos os blogs que o visitam, escrevendo sempre mensagens diferentes com muita coerencia.
Para mim é sinal que (não assina de cruz) lol...que lê o que comenta.
Tem toda a minha admiração.
Um abraço

8:55 da manhã  
Blogger SPECTATOR said...

obrigado pela visita!
gostei bastante do blog!
abraço

11:35 da manhã  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Essa ditadura me faria muito bem, seria plena...
Meu querido,perdoa minha ausência no MSN,não tenho ido lá, meu tempo tá encurtando,rss, vou te mandar meu endereço,quero-o ter nas mãos através do seu livro.Te gosto demais, bem sabe né?
Lindos dias,
beijosssssssssssss

12:13 da tarde  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Meu nome:Márcia Rehen
Meu endereço:
Avenida Luiz Aranha 890 aptº 1604,
Ed.Verdes Mares, Condominío Pedra de Itaúna, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
cep:22793-810

beijosssssssssss meu querido

12:20 da tarde  
Blogger Maresi@ said...

Ola
passeando pelos Blogs encontrei mais uma vez alguem que tinha o teu Blog como favorito.
Gostei, adorei, como ja aconteceu... Gosto...apenas isso...
É sublime a tua escrita...vi ke ja me adicionaste ao teu mail, mas ainda nao tive tempo (por causa das aulas), mas prometo brevemente falar contigo.. bjinhos

12:22 da tarde  
Blogger Ana P. said...

Já não sonho o sonho de outrora,
Talvez caminhe e na minha caminhada encontre outro sonho.
Talvez neste saiba acordar a tempo..

Beijo

12:37 da tarde  
Blogger Anjo said...

Prisioneiro de um amor...
Sentir...gostar de sentir e querer sempre mais...palavras,gestos quentes que nos preenchem...
Gostei.
Um beijo

7:47 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Queria eu sonhar assim nos braços do amado e não mais acordar ...

Bjx

9:53 da tarde  
Anonymous Juda said...

A foto é lindissima, gosto das palavras, deixo um abraço...

10:01 da tarde  
Blogger gone said...

Encontra sempre as formas mais lindas de dizer "amo-te"...
Adorei.
Um beijo*

11:55 da tarde  
Blogger Sea said...

O sonho poderá ser uma ditadura, para quem sonha.
Quem não vive por ele ou com ele, não sofre desse mal.

10:27 da manhã  
Blogger Nilson Barcelli said...

Mais um belíssimo poema.
O que a ditadura de um sonho é capaz de fazer...
Abraço e bom fim-de-semana.

1:31 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

o sonho por vezes é a única coisa que nos resta...

abraço


ps: vou adicioná-lo se me permite

4:42 da tarde  
Blogger Nelita said...

num sonho começa...
em realidade se torna...
o desejo sentido...
por sombras delineado...
na maior prova de amor!!!

5:16 da tarde  
Anonymous mirada de agua said...

Agradecida, paso por xunto ti, atrevereime a deixarte o que me fan sentir as túas poesías...
Beijos

10:19 da tarde  
Blogger luciana said...

cruzes! lindo mesmo!
sutil.
simplesmente.

3:25 da manhã  
Blogger leda said...

Belíssimas as tuas palavras,um convite ao sonho e ao amor,sempre...

10:09 da manhã  
Blogger miosotis said...

Mt sensibilizada pelo olhar deixado em meu sítio de sentires!

Poema sensível sobre uma temática sempre controversa...

Quando sonhamos?!
Qd estamos acordados e deixamos correr livremente nossos pensamentos?!
Qd adormecidos, momentos em os nossos mais profundos anseios desfilam incondicionalmente?!

Bom f-s!

2:31 da tarde  
Blogger A.J.Faria said...

Olá, Joaquim!
Bonitas palavras, estas que nos deixas.
Um grande abraço,

7:10 da tarde  
Blogger Miguel Peixoto said...

Sou escravo das suas letras.
viajo nelas.
embarco num estado de graça.
onde me sacio de deliciosas sinfonias escritas.
Aí encontro sempre um porto.
e deposito todo o verdadeiro sentido de amizade que ostento.
pelo poeta,
pela pessoa,
pelo amigo...

Grande Abraço

7:21 da tarde  
Anonymous Dra. Daniela Mann said...

Olá!
Passei para desejar um fim-de-semana muito feliz!
Um abraço amigo,
Dani

10:12 da tarde  
Blogger estrela de papel said...

Olá Joaquim
Bom Domingo

Fiquei presa na frase "porque não sou dono desperto da minha vontade?"

Poeque eu digo precisamente o contrario.

"Provoca-me um estado de alma nascido sob a doce ditadura do sonho"

Nem toda a gente consegue escrever com esta sedução e ternura,,,

Admiro-te
beijoos

3:10 da manhã  
Blogger neith said...

Ébrios sonhos que nos deleitam...belíssimo poema. As tuas palavras nunca nos saciam...almejamos sempre por mais... Beijinhos

P.S. Devido a problemas com o anterior servidor, mudei de endereço:
www.some-echoes.blogspot.com

12:09 da tarde  
Blogger Clitie said...

Andei por aqui, perdida nas tuas palavras...

Bjk e bom Domingo.

6:15 da tarde  
Blogger veldrane_sucubus said...

paixão... amor... ou apenas desejos... naum sei... mais sempre (?) eh bom senti-lá...

12:29 da manhã  
Anonymous Falcao Cunha said...

E um prazer ter um amigo para compartilhar os momentos de nossa existencia...

11:01 da manhã  
Blogger Spiritman aka Bacardiman said...

Desejar, sonhar e amar...

Cumprimentos mixed by Jameson 12 anos!

11:33 da manhã  
Blogger estrela de papel said...

Bom dia

Cada movimento que respiras, é tão suave, os sussuros dos teus lábios são tão imperceptiveis, mas eu consigo deste lado, entende-los,,,
apesar de estar um pouco amuada, não quiz deixar de visitar-te,,,
Tenho aprendido muito ctg.
Um abraço fechadinho cheio de gratidão.

12:20 da tarde  
Anonymous BLUESHELL said...

Grata pela sua visita e pelas suas palavras. Vim à sua página, que achei interessantíssima...
Penso que algumas coisas ainda estão em "construção"...


BLUESHELL

(a concha, que por ser azul, é diferente das demais...)

12:47 da tarde  
Blogger a lice said...

Ena! Gostei!:)

3:08 da tarde  
Blogger Rosalina said...

"provoca-me um estado de alma nascido sob a doce ditadura do sonho."

estado de alma
sonho
alma
doce



e como é bom sonhar.

4:16 da tarde  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Deixo um beijo ao sabor do vento e votos de um bom feriado :)

9:45 da tarde  
Blogger ~*Vica*~ said...

Lindo, como todos os poemas do teu livro! Muito obrigada pelo presente! Adorei!

3:28 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home