sexta-feira, dezembro 15, 2006

GOLPE



crava-lhe!

bem fundo,
profundamente incisiva,
num lento movimento de precisão,
essa adaga de prata, tua,
no vampírico peito acolhedor.

lancinante ninho
onde a dor se acolhe.

crava-lhe!
e sussurra-lhe no caminho
que morre abandonado ao tempo,

longe do ventre da tua convicção.

se me ofereces apenas a saudade, vejo-te

em cores consumidas pelo preto.
se o vento me diz que te foste, deixo-me
consumir pelo seu sopro.

então, cumpro o meu destino,
herdeiro gélido do vazio.



(SABES MÃE,
CUMPRO-TE NO SORRISO QUE DE TI HERDEI!...)

31 Comments:

Blogger lonely star said...

É isso que difere os artistas de todos os demais... ainda que não seja a melhor das ocasiões, eles conseguem criar algo lírico e belo e deixar tudo melhor =)
Meus sentimentos, querido!
Beijos beijos.

5:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um abraço muito grande neste momento difícil, amigo! Estou certo de que a senhora tua mãe se orgulha muito do filho que em ti tem!

12:17 da manhã  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Que triste sina de herança vazia...
Meus sentimentos, querido amigo, que o tempo cumpra a ordem de afastar amarga saudade preenchendo o vazio cortante com recordações que o façam sorrir.
Meu carinho
beijosssssssssss

2:20 da tarde  
Blogger Silêncios said...

Impressionou-me...

8:49 da tarde  
Blogger BlueShell said...

Excelente! Que mais posso dizer????


Uma noite feliz...plena de sonhos azuis
BShell

1:04 da manhã  
Blogger anatema said...

Bellísimas palabras negras de tristezas. Pero esa misma tristeza cobra claridades de esperanza.

El mejor homenaje que puedes rendir a tu madre: Tu Amor por ella. Su sublime herencia en ti esparcida.

Un abrazo amigo.

2:33 da manhã  
Blogger Artur Moura Queirós said...

Quando o vazio gélido escolhe um coração quente, resta-lhe o naufrágio.Com o mundo como espectador emocionado.

11:07 da manhã  
Blogger RPM said...

lindo

lindo

lindo, Joaquim Amâncio

Feliz natal

RPM

8:35 da tarde  
Anonymous Jaime said...

Caro JAS

Apercebo-me pelos comentários ser este um momento difícil.
Desejando, do fundo do coração, uma forte capacidade de superação num momento de dor...impressionado que estou, com a beleza deste poema pelo significado que tem (uma linda forma de homenagear quem nos é querido...)

Um grande abraço!Jaime Pedrosa

6:21 da tarde  
Blogger PIlar M Clares said...

ahhhh...es maravilloso este "tempo" que transcurre entre el clik y la página, me advierte e incita a la paz y me invita a la palabra.

Siempre confundo los blogs, "Autopsia de Decandencia" que sé es un proyecto colcetivo y "negra tinta", el más tuyo, creo.

Aquí de nuevo te doy las gracias por ser el Melchor adelantado que dejó en mi buzón palabras poéticas, "Pedra sobre pedras", libro que iré traduciendo con toda la cautela y del que daré cuenta en mi blog cuando pueda tener un criterio susutentado.

Te doy las gracias de nuevo por dejarme la ilusión de que los reyes magos siguen existiendo -como sospechaba-.

Un gran beso.

6:27 da tarde  
Blogger RPM said...

abraço fraterno, apesar das circunstâncias....

fica bem

RPM

8:01 da tarde  
Blogger ~*Vica*~ said...

Lindo! Soberbo!

8:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ando para escolher as palavras que aqui escreverei. dos vales e dos astros nenhuma veio de mansinho por entre as folhas. das gélidas montanhas de vinil poucas foram as que verteram cabelos das paredes lisas. é inverno e o mar está tão longe que os ecos das ondas são apenas vírgulas. resolvi por isso nada escrever. um beijinho. alice

8:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom, não vou dizer o que senti, não há palavras.

Explico-te depois.

Um beijo enorme e JÁ RECEBI A TUA "PRENDA"

feliz natal

4:08 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O meu - muito obrigada de coração - pela gentileza que teve em enviar o seu livro "pedras sobre pedras"
recebi hoje este lindo e precioso "presente de Natal"

________________Paz
_______________União
______________Alegrias
_____________Esperança
____________Amor Sucesso
___________Realizações Luz
__________Respeito harmonia
_________Saúde solidariedade
________Felicidade Humildade
_______Confraternização Pureza
______Amizade Sabedoria Perdão
_____Igualdade Liberdade Boa sorte
____Sinceridade Estima Fraternidade
___Equilíbrio Dignidade Benevolência
__Fé Bondade Paciência Brandura Força
Tenacidade Prosperidade Reconhecimento
_______________!!!!
_______________!!!!
_______________!!!!
Que a sua árvore de Natal esteja repleta
De todos estes presentes

Um grande abraço_____________________________________Betty

6:01 da tarde  
Blogger RRH 1008 said...

A dor de agora é parte da felicidade de então

Estimado amigo nunca percas esse sorriso herdado.Um abraço.

10:16 da tarde  
Blogger Nani said...

Venho deixar-te um beijinho com votos de um Feliz Natal...

Nani

10:21 da tarde  
Blogger Luna said...

Ainda que o vazio permaneça, e a dor mortifique, esse sorriso que te foi dado, deve de ser mantido como o elo da saudade.Deixo um beijo no teu coração.

10:41 da tarde  
Blogger Eu* said...

"lancinante ninho
onde a dor se acolhe."

simplesmente lindo,claro, limpo, transparente!
parabéns!
bjs,
Gisele - Brasil

11:47 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Recebi hoje ontem um aviso de levantamento nos correios duma encomenda vinda de penafiel. Vindo de Penafiel, já sabia que eras tu, mas só quando a levantei hoje de manhã o confirmei. Ainda não tive tempo de ler com atenção como calculas, porque depois vim logo trabalhar e só agora vou sair daqui. Mas dei uma vista de olhos nos transportes e vê-se que a coisa tem classe.

Um grande obrigado, Joaquim.

PS - tás um bocadinho gordinho na fotografia, não? (brincadeira).

Já agora: não sei se teremos oportunidade de voltar a falar, mas deixo-te o meu voto de serenidade para esta quadra que se aproxima... que para o próximo ano cá andemos ainda todos os do costume a teclar de um lado e outro.

Um abraço.
King samsa

--
Look into my eyes, it's the only way you'll know I'm telling you the truth

12:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu querido Joaquim, recebi o teu livro, a capa esta muito bonita, e tu ficaste muito bem na foto, desfolhei o livro e li 4 poemas qual deles o mais sublime, mas não quero ler assim mas com tranquilidade, para absorver cada palavra que escreves , pois desde que ando por este espaço dos blogs que os teus poemas são os que me tocam de mais perto, ainda que por vezes não te comente.

O meu obrigado pelo teu carinho
beijos ternos
Maria Jose

12:11 da tarde  
Blogger CM said...

José,
desejo-te um Natal repleto de doces sorrisos, polvilhado pelo sabor da vida e regado com o mel do amor.

Beijo, com essência de vida!

5:20 da tarde  
Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Um dia, Gabriel acordou, muito contente,
era a véspera de Natal,
pois para ele era uma data muito importante!
Era o dia do Aniversário do Menino Jesus,
e também o dia que Papai Noel
vinha visitá-lo todos os anos.
Com seus seis aninhos,
esperava ansiosamente o cair da noite para
voltar a dormir,
e no outro dia encontrar em seu pé de meia,
o seu presente de Natal,
pois nem tinha uma árvore de Natal.
Dormiu muito tarde,
para ver se pegava aquele velhinho no "flagra",
mas como o sono era maior que sua vontade,
dormiu profundamente.

Mas, na manhã de Natal,
percebeu que seu pé de meia não estava lá,
e que não havia presente nenhum em toda sua casa.

Seu pai desempregado, com os olhos cheios de água,
observava atentamente o seu filho,
e esperava para tomar coragem
para falar que o seu sonho não existia,
e com muita dor no coração, o chama:

- Gabriel, meu filho, vem cá!
- Papai?
- O que foi filho?
- O Papai Noel se esqueceu de mim...

Falando isso, Gabriel abraça o pai,
e os dois se põem a chorar,
quando Gabriel fala:
- Ele também se esqueceu de você pai?
- Não meu filho.
O melhor presente que eu poderia ter ganhado na vida,
está em meus braços,
e fique tranqüilo pois eu sei que o Papai Noel não
se esqueceu de você.
- Mas todas as outras crianças vizinhas
estão brincando com seus presentes...
ele pulou a nossa casa...
- Pulou não...o seu presente está te abraçando agora,
e vai te levar para um dos melhores passeios de sua vida!
E assim foram para um parque,
e Gabriel brincou com o pai durante o resto
do dia, voltando somente no começo da noite.
Chegando em casa muito sonolento,
Gabriel foi para seu quarto,
e "escreveu" para o Papai Noel:

"Querido Papai Noel,

Eu sei que é cedo demais para pedir alguma coisa,
mas quero agradecer o presente que o senhor me deu.
Desejo que todos os Natais que eu passe,
faça com que meu pai se esqueça de seus problemas,
e que ele possa se distrair comigo,
passando uma tarde maravilhosa como a de hoje.
Obrigado pela minha vida,
pois descobri que não são com brinquedos que
somos felizes, e sim,
com o verdadeiro sentimento que está dentro de nós,
que o senhor desperta nos Natais.

De quem te agradece por tudo,

Gabriel."

E foi dormir com um lindo sorriso nos lábios.

Entrando no quarto para dar boa noite ao seu filho,
o pai de Gabriel viu a cartinha,
e a partir desse dia, não deixou que seus
problemas afetassem a felicidade dele,
e começou a fazer que todo dia fosse um Natal para ambos.

Se um simples garotinho de seis anos,
conseguiu perceber que os melhores presentes
que se pode receber não são materiais,
porque nós não fazemos o mesmo?
Que todos vocês que estão lendo esta mensagem,
faça com que cada dia seja um Natal,
valorizando a amizade,
carinho e todos os sentimentos
bons que existem dentro de cada um,
e depende somente de nós mesmos
para botar pra fora...

FELIZ NATAL AMIGO

beijocassssss

10:53 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Sensibilizada por td o carinho q conseguiste imprimir em teu olhar poisado algumas vezes em meu espaço!

Ñ percebi se perdeste a companhia de tua mãe... :(
Mas,ñ esqueças q Mãe está sp junto de nós... eu sei!

Votos de um Natal em Paz!

bjs em tons azul prata

2:09 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá boa noite.
Celebra-se a época do Natal, que como tudo será rica e festiva para uns e a outros nem por isso, é com esses que o nosso pensamento tem que estar é a esses que desejamos o melhor de tudo, numa altura em que a ausência nos fere e entristece como nunca.

Um Feliz Natal.

João C. Santos

7:12 da manhã  
Blogger RPM said...

apesar das vicissitudes da vida, Dia Feliz!

beijo e abraço

RPM

10:47 da manhã  
Blogger Salto Angel said...

Joaquim,

Muita Saúde e Amor para ti e a tua família neste Dia de Natal, e que os mesmos votos se multipliquem durante o ano de 2007!!

Abraço,

Carlos.

1:53 da tarde  
Blogger .: jigoku :. said...

Só para te deixar mais um abraço..

3:37 da tarde  
Blogger Defensor, O Maldito said...

Saudações
Belos textos, belos poemas. Pude perceber que és um escritor profissional. Parabéns pelos teus versos, são excelentes!
Abraços
Paz e prosperidade em 2007!

5:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

.....{*.\.....(*~*~*).../}
....{.~.*\....////^^\../~}
....{*....\..(((/.6.6./.*}
....{..*.~.\.)))c..=.)*..}
.....{*...*.////_/~`.~.}
......{~.*.((((.`.`\.*}
.......`{.~.)))`\.\))_.-:*
..........`{.(()..`\_.-`.`:
............`)/.`..|
.............(....\ \
..............\....\ .\
........_ .__\...| /
........|` `...``Y;
........|./``-../../
........`......|./
................/.`-._
Tenho um anjinho que tem um martelinho
E em cada martelada distribui um carinho
Espero que em 2007 te dê uma valente sova!
Mas…
Hoje este anjinho anda a distribuir um beijinho
Com votos de um Feliz 2007
Com muito carinho e amizade

12:28 da tarde  
Blogger Miguel Peixoto said...

Que os anjos acolham e cuidem da Sra. sua mãe para que permaneça em si toda a sua força de que tanto admirava.
E é com um aplauso em pé que presto a minha homenagem à pessoa que trouxe ao mundo tão ilustre amigo.

Consigo sempre...

1:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home